Mamoplastia de aumento - a importância das drenagens linfáticas na recuperação - Mamoplastia de Aumento

Mamoplastia de aumento – a importância das drenagens linfáticas na recuperação

mamoplastia de aumento

A mamoplastia de aumento é geralmente uma cirurgia com uma recuperação pouco complexa e dolorosa. No entanto, é extremamente importante que a paciente esteja consciencializada que o seu envolvimento pessoal é crucial para atingir bons resultados e diminuir o risco de complicações. O sucesso da cirurgia não depende somente do procedimento cirúrgico mas igualmente de todos os cuidados na fase pós-operatória. É muito importante que a paciente siga todas as recomendações da equipa médica para que o processo decorra na normalidade.

Após uma mamoplastia de aumento, a paciente retém uma maior quantidade de líquidos que o corpo não consegue drenar. As drenagens linfáticas são essenciais para a recuperação de uma mamoplastia de aumento ou outra cirurgia dado que permitem reduzir a retenção de líquidos, o inchaço e algum desconforto. Permitem também melhorar a circulação sanguínea e favorecem o processo de cicatrização. É recomendado que a paciente inicie as sessões de drenagem ao fim de 2 ou 3 dias após a cirurgia de aumento mamário.  

A drenagem linfática consiste numa massagem de forma rítmica e localizada de forma a conduzir os líquidos que estão fora dos vasos linfáticos, de modo a que a sua eliminação seja feita o mais rapidamente possível. A massagem auxilia também na redução de hematomas e redução de fibrose. Permite igualmente uma melhor oxigenação e nutrição dos tecidos, estimulando a produção de colagénio acelerando dessa forma a cicatrização dos pontos. Permite ainda acelerar a recuperação da sensibilidade em determinadas zonas que foi alterada devido ao processo cirúrgico de mamoplastia de aumento.

As drenagens são assim, parte do tratamento pós-operatório indispensável para a obtenção dos resultados desejados após um aumento mamário. Por este motivo, a drenagem linfática deverá ser realizada por um fisioterapeuta com experiência nesta área de modo a que o resultado da cirurgia não seja comprometido. As massagens deverão ser realizadas com muito cuidado na área operada, com movimentos delicados mas eficientes, de modo a que a dor pós-operatória e possível inflamação do local possam diminuir.

mamoplastia de aumento

As primeiras e segundas sessões são de toques leves de forma a não causar desconforto e dor à paciente. Após as primeiras sessões, o fisioterapeuta irá determinar o número e a frequência das sessões que devem ser realizadas, tendo em conta a evolução da recuperação da paciente.

Uma paciente que realiza uma mamoplastia de aumento deve realizar um mínimo de 3 a 5 sessões de drenagem linfática podendo variar de acordo ao seu quadro clínico. Uma sessão dura cera de 1 hora.

Para além de todos os benefícios já referidos anteriormente, as drenagens linfáticas favorecem ainda o relaxamento da paciente, uma vez que alivia as dores próprias desta fase. É essencial que após uma mamoplastia de aumento a paciente repouse na posição indicada pelo médico para não comprometer a recuperação. A posição é normalmente a mesma durante alguns dias o que pode causar desconforto e alguma dor muscular. As drenagens linfáticas são assim essenciais nesta fase para aliviar o desconforto da paciente.

Na grande maioria dos casos, as pacientes que realizam um aumento mamário estão aptas a retomar as suas atividades diárias e laborais, ao fim de 4 a 8 dias. No entanto, tanto na mamoplastia de aumento como em qualquer outra cirurgia tem de existir empenho por parte da paciente no seu processo de recuperação. Todos os cuidados nomeadamente a realização de drenagens linfáticas de acordo às indicações médicas são essenciais para a saúde da paciente e para obter melhores resultados.

Ligar agora
Marcações