Causas do Descaimento Mamário - Mamoplastia de Aumento

Causas do Descaimento Mamário

mamoplastia de aumento

Os seios são um símbolo de feminilidade e como tal são extremamente importantes para a autoestima e bem-estar da mulher. Um dos problemas que mais afeta a estética da mama é o descaimento ou ptose.

O descaimento da mama afeta grande parte das mulheres dado ser um processo natural do corpo feminino que ocorre de uma forma gradual com avançar da idade. No entanto, algumas mulheres poderão apresentar um descaimento mais acelerado e prematuro do que outras.

A ptose mamária é muito comum e natural à medida que a idade da mulher avança. Com o avançar da idade e consequente diminuição da produção de elastina e colagénio, a pele perde a sua firmeza e elasticidade natural, causando a flacidez e o inevitável descaimento mamário.

O descaimento mamário é influenciado por diversos fatores, tais como:

- Gravidez – Com a gravidez o peito passa por um processo de aumento em que a pele sofre um estiramento de forma a adaptar-se à medida que a gestação progride e a mama se prepara para a formação do leite. Após a amamentação, os seios vão perdendo volume e a pele que teve de esticar perdeu suavidade e firmeza, levando assim ao descaimento mamário.

- Alterações de peso - Quando a mulher sofre mudanças bruscas de peso e de forma repetitiva, pode ocorrer perda de firmeza da pele assim como dos tecidos gordos. Uma vez que os seios são também compostos por tecido gordo, quando existe uma diminuição da gordura, é inevitável a perda de volume e consequente descaimento mamário.

- Menopausa – Quando a mulher entra na menopausa, o corpo feminino sofre desequilíbrios hormonais importantes. Existe uma tendência para a perda de firmeza da pele dado que os ductos mamários sofrem uma redução, uma vez que o cérebro entende que os seios já não são necessários para a produção de leite. A pele não acompanha essa redução, podendo ficar flácida dando origem a seios descaídos.

- Tamanho dos seios – As mulheres com seios grandes tem uma maior tendência para o descaimento mamário devido à gravidade.

- Componente Genética – Existem mulheres que de forma hereditária, têm tecidos de pele que são pouco resistentes o que pode provocar de forma precoce o descaimento mamário.

O descaimento mamário pode ser corrigido através de uma Mastopexia, intervenção cirúrgica que tem como objetivo remodelar e levantar a mama descaída. Em alguns casos, a mulher poderá ter a mama com um aspeto vazio (glândula mamária insuficiente) para poder conseguir um resultado volumoso e harmonioso. Nestes casos, a Mastopexia pode ser ser realizada com a colocação de próteses de silicone para atingir melhores resultados.

Nos casos em que não existe flacidez e descaimento acentuados, o volume mamário pode ser restabelecido através de uma Mamoplastia de Aumento ou seja, através da colocação de implantes mamários que vão proporcionar um aumento de volume e consistência da mama, promovendo o seu reposicionamento.

No caso de mulheres que tenham um volume mamário considerável, é possível corrigir o descaimento através de uma Mastopexia sem ser necessário colocar implantes mamários. Esta cirurgia permite readaptar a quantidade de pele em excesso ao volume da mama existente, corrigindo o posicionamento da mama.

No entanto, o seu cirurgião plástico deverá avaliar o grau de descaimento bem como elasticidade da pele de forma a definir qual o tipo de intervenção que melhor se adequa ao seu caso.

Para esclarecimento de dúvidas sobre Mastopexia preencha o formulário de contacto. Será contactada com brevidade.

Ligar agora
Marcações